sem luz

      

noticias novo

Celesc repassa R$ 155 mil para Associação Catarinense de Autismo

O presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, entregou nesta quinta-feira, 5 de setembro, em Balneário Camboriú na sede da AMA Litoral, R$ 155 mil à Associação Catarinense de Autismo (ASCA), uma das três entidades beneficiadas com as doações arrecadadas dos consumidores que participaram da 5ª edição do projeto Bônus Eficiente da Celesc.

associacao autismoPresidente Cleicio Poleto Martins participa da entrega do cheque à Associação Catarinense de Autismo / Foto: Rafael Vieira

“Esta é mais uma ação social da Celesc que, de forma conjunta com o Governo do Estado, vem atender e oportunizar investimentos necessários para o desenvolvimento do importante trabalho realizado pela Associação Catarinense de Autismo”, destacou Cleicio.

Os recursos serão distribuídos entre as outras associações (AMAs) em todo o Estado para ajuda no custeio das despesas e melhorias necessárias. “É um valor que nos ajuda muito nesse trabalho que atende crianças com autismo e que vem crescendo a cada dia. quando recebemos doações como essas, a gratidão é enorme”, disse a coordenadora administrativa da AMA Litoral, Catia Franzoni.

Hoje a entidade em Balneário atende cerca de 60 autistas, mas há uma fila de espera de mais 100 pessoas. Para atender essa demanda, o local conta com 20 colaboradores e o custo mensal é de aproximadamente R$ 45 mil.   


Projeto Bônus Eficiente

O projeto foi executado entre janeiro e maio de 2019, e resultou na arrecadação de R$ 465 mil, que são divididos com mais duas instituições no estado:  a Associação de Síndrome de Down (Joinville) e o Asilo São Vicente de Paulo (Criciúma).

Por meio dele, são oferecidos equipamentos elétricos com 50% de desconto em relação ao preço de mercado na troca por um equipamento antigo e, na compra, os consumidores doam R$ 50 para entidades pré-selecionadas. 

Nesta quinta edição do Bônus Eficiente, foram substituídos 4.500 refrigeradores, 2.700 aparelhos de ar condicionado split e 2.300 freezers, além de 55 mil lâmpadas fluorescente por lâmpadas de led, com o objetivo de reduzir o consumo de energia elétrica com o uso de produtos mais eficientes 

O Projeto tem contribuído, efetivamente, para o combate ao desperdício de energia elétrica. Nas cinco edições realizadas, a Celesc estima a redução de 56 GWh de energia elétrica por ano, com a substituição dos equipamentos antigos por novos e eficientes. Este volume corresponde ao consumo de cerca de 280 mil residências por um mês, dentro da área de concessão da Celesc.

Desde a primeira edição, em 2013, mais de 514 mil catarinenses já foram atendidos pela iniciativa, que faz parte do Programa de Eficiência Energética Aneel/Celesc.