Geral

Serviços ao
Consumidor

Notícias Celesc

05.08.19

Semana de Segurança alerta para perigos de contato com a rede elétrica

SITE 2

 

Em SC foram registradas 12 mortes em decorrência de acidentes envolvendo energia elétrica, em 2018 e no primeiro semestre de 2019

Você sabia que algumas atividades rotineiras e até brincadeiras podem oferecer riscos à saúde e à vida? Soltar pipa, fazer a manutenção predial, podar árvores e outras ações realizadas próximo à rede elétrica devem ser executadas com cautela. Para alertar sobre os cuidados a serem adotados, entre 05 e 11 de agosto, a Celesc integra a 13ª Semana Nacional de Segurança. Promovida pela Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), a campanha visa conscientizar a população sobre os riscos da eletricidade. Na área de concessão da Celesc, também será distribuído material educativo e oferecida orientação aos consumidores em ações organizadas pelos oito Núcleos e oito unidades da Empresa no estado.

“A eletricidade não tem cheiro, não tem cor e pode ser fatal, se não for tratada de forma segura. A Celesc se une à Abradee e a outras 40 distribuidoras para, por meio da conscientização, diminuir e, quem sabe, eliminar os acidentes relacionados à energia elétrica”, observa o presidente da distribuidora catarinense, Cleicio Poleto Martins. No último ano, a associação revela um crescimento de aproximadamente 3% no número de ocorrências e de 5,8% nos acidentes fatais. No total, foram registrados 891 acidentes em todo o país em 2018. Destes, 271 com maior gravidade ocasionaram a morte das vítimas (no ano anterior, foram registrados 19 casos fatais a menos).

Considerando o universo das sete causas trabalhadas pela campanha, a principal responsável pelos acidentes fatais após contato com a rede de energia é a construção/manutenção predial, com 55% dos casos no último ano, o que equivale a 89 mortes. Neste caso, observa-se o grande número de construções de pequeno e médio porte realizadas sem o acompanhamento de profissionais especializados ou pessoas qualificadas para realizar as instalações. 

Outras situações que trazem risco para a população estão demonstradas no gráfico abaixo:

semana segurança1

Fonte: Abradee 2019.

Vítimas fatais em acidentes com energia elétrica em SC

Em Santa Catarina a situação não é diferente. Desde 2013, foram registrados 37 acidentes envolvendo a rede elétrica, com vítimas fatais, na área de concessão da Celesc.

Em 2018 e no primeiro semestre deste ano foram registradas 12 vítimas fatais em acidentes com eletricidade no estado. Um terço dos casos ocorreu durante obras de construção ou manutenção predial. O engenheiro de Segurança da Celesc, Fábio Rafaelli, explica que é importante manter a distância normatizada pela empresa e pela ABNT na hora de construir ou fazer serviços como limpeza ou pintura em prédios e residências. “Além de respeitar as distâncias, o cuidado precisa ser redobrado quando se utiliza equipamentos como andaimes, escadas, vergalhões, trilhos de cortinas ou materiais metálicos próximos da rede elétrica, pois um simples contato com um fio energizado pode ser fatal”, disse.

Confira abaixo alguns casos fatais decorrentes de acidentes com energia elétrica registrados em Santa Catarina de2013 até hoje:

ANO

OCORRÊNCIAS

2013

- Quatro funcionários de empresa de comunicação visual sofrearam choque elétrico ao tocar, acidentalmente, o toldo que manuseavam na rede elétrica.

2014

- Ao derrubar uma árvore, a mesma encostou na rede elétrica ocasionando choque elétrico;

- Ao instalar tubulação de gás em prédio encostou cano de cobre na rede elétrica;

- Eletricista particular recebeu choque elétrico ao fazer reparos na iluminação pública;

- Dois óbitos durante coleta de material para análise de solo, houve contato do equipamento (torre para perfuração) com a rede elétrica.

2015

- Vítima de acidente provocado por contato de cantoneira com a rede elétrica;

- Após colisão em poste, carona pisou em cabo de alta tensão ao sair do veículo e recebeu descarga elétrica.

2016

 - Nenhuma ocorrência registrada.

2017

- Choque elétrico e óbito após manutenção indevida de iluminação pública;

- Ao subir em poste de uma fazenda para retirada de luminária, eletricista particular recebeu descarga elétrica. Ele usava chinelos, estava sem luvas isolantes e utilizou uma escada metálica para acessar o local;

- Ao efetuar pintura em fachada de prédio, ocorreu toque acidental de cabo metálico do rolo de pintar na rede elétrica;

- Três óbitos  por descarga elétrica ao tentar implantar um poste irregular para a instalação de um portão eletrônico em uma fazenda;

- Ao manobrar empilhadeira encostou na rede elétrica e ao desenroscar garfo da rede sofreu descarga elétrica.

2018

- Ao revitalizar fachada de prédio encostou com o cabo metálico do rolo de pintura na rede elétrica;

- Após descarregar ração em propriedade encostou o cano da graneleira na rede elétrica;

- Ao se deslocar sobre estrutura da fachada de um posto de combustível tocou na rede elétrica;

- Ao manusear calha de alumínio em sua residência encostou a calha na rede elétrica;

- Ao movimentar régua metálica de assentar cimento em uma obra encostou a régua na rede elétrica.

1º semestre 2019

- Ao realizar uma ligação clandestina na rede elétrica recebeu descarga elétrica;

- Acionou caçamba em baixo da rede elétrica e recebeu descarga quando tentava acionar o comando de segurança do veículo;

- Ao realizar manutenção da iluminação pública sofreu descarga elétrica;

- Ao realizar serviço de empresa de telecomunicação sofreu descarga elétrica;

- Fio de cerca se rompeu, por passagem de trator, e encostou na rede elétrica, ao efetuar o corte do fio sofreu descarga elétrica.

 

Dicas da campanha 2019

Veja abaixo algumas dicas da campanha, que tem o mote “É aí que mora o perigo, eu me ligo na vida”:

Segurança:

- Considere a rede energizada mesmo quando a energia estiver desligada;

- Não pendure ou jogue nada na rede elétrica;

- Não fixe enfeites ou solte fogos perto da rede elétrica;

- Soltar balões é crime e pode causar graves danos a rede elétrica, além de provocar incêndios;

- Nunca resgate pipa ou outros itens que enroscaram nos fios elétricos;

- Não toque em fios partidos ou soltos na rua e avise imediatamente à Celesc pelo telefone de Emergência: 0800 48 0196;

- Lembre-se de que irregularidades e furtos na rede de energia, além de crimes, podem ocasionar choques elétricos, curto circuitos e incêndios.

- O plantio e a poda de árvores devem ser realizados a uma distância segura da rede elétrica.

Segurança na Residência:

- Ao adquirir equipamentos elétricos, confira a voltagem para saber se a fiação suporta a carga;

- Antes de qualquer conserto na instalação elétrica, desligue a chave geral no quadro de energia da residência;

- Apenas especialistas, com equipamento de segurança, devem lidar com a rede elétrica;

Economia de energia:

- Retire o carregador da tomada assim que o celular estiver carregado;

- Desligue o monitor do computador se for demorar mais de 10 minutos para retornar a usá-lo;

- Elimine vazamentos. Ao economizar água, você também economiza energia;

- Verifique o estado de conservação das borrachas de vedação do refrigerador;

- Mantenha o filtro do ar-condicionado sempre limpo e o termostato regulado. Desligue o aparelho quando não houver ninguém no ambiente.

 

SITE 1

 

Por Heda Wenzel (Comunicaz a serviço da Celesc).