Geral

Serviços ao
Consumidor

Notícias Celesc

28.06.19

Celesc: sucesso na venda de energia da PCH Celso Ramos

Ao preço de R$ 201,11 por MWh, a Celesc acaba de vender a energia da ampliação da PCH Celso Ramos, no leilão A-4, realizado na manhã desta sexta-feira, 28, na sede da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em São Paulo (SP). Como destaque positivo, o valor obtido pela Celesc na operação foi o maior registrado no leilão.

Situada no município de Faxinal dos Guedes, e em operação desde 1963, a usina está prestes a iniciar as obras de ampliação de sua capacidade geradora, aumentando a capacidade instalada de 5,615 MW para 13,915 MW. O contrato de implantação da obra deve ser assinado na próxima segunda-feira, 1º de julho, com cronograma estimado em 18 meses. Os investimentos representam aproximadamente R$ 40 milhões.

Usina Celso Ramos

O leilão A-4 realizado hoje contempla o início da entrega da energia em janeiro de 2023, com garantia de 30 anos. Os agentes compradores foram as distribuidoras CPFL Santa Cruz e Light. “Esse contrato está alinhado com o Plano de Negócios aprovado pelo Conselho de Administração e vai trazer uma rentabilidade ainda maior do que a prevista, o que é fundamental para a segurança do fluxo financeiro do projeto”, destaca o diretor de Geração, Transmissão e Novos Negócios, Pablo Cupani.

Realizado em ambiente eletrônico, um leilão desse porte exige raciocínio rápido e segurança nas decisões, mesmo diante de muitas incertezas. É por isso que o resultado foi motivo de muita comemoração entre os profissionais envolvidos. “Foi um grande sucesso; fruto de um trabalho coletivo de diversas diretorias, envolvendo engenharia, meio ambiente, modelagem, comercialização de energia e captação financeira”, complementa Cupani.

celso-ramos


Entenda como funciona um leilão

Os leilões são a principal forma de contratação de energia no Brasil. Por meio desse mecanismo, concessionárias, permissionárias e autorizadas de serviço público de distribuição de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional (SIN) garantem o atendimento à totalidade de seu mercado no Ambiente de Contratação Regulada (ACR). Quem realiza os leilões de energia elétrica é a CCEE, por delegação da Aneel.

O critério de menor tarifa é utilizado para definir os vencedores do certame, visando a eficiência na contratação de energia.

 


Por Ana Carolina Dall’Agnol (Assessoria de Comunicação Celesc)