Geral

Serviços ao
Consumidor

Notícias Celesc

28.06.19

Bônus Motor da Celesc é apresentado em congresso na Polônia

O coordenador do Projeto Bônus Motor da Celesc, Arthur Rangel Laureano, elaborou um artigo sobre o projeto que foi selecionado para ser apresentado durante a 32ª ECOS - Conferência Internacional sobre Eficiência, Custos, Otimização, Simulação e Impactos Ambientais em Sistemas de Energia, no final de junho na Polônia.

Em relação aos demais artigos apresentados na conferência, o do Bônus Motor fala da eficiência na utilização final da energia e não de sua conversão, ou seja, na transformação de energia mecânica em energia elétrica por exemplo. Outra vantagem é não precisar realizar qualquer obra, reduzindo ainda mais os custos para implantação. “Fomos bem avaliados pela iniciativa da Celesc em desenvolver esse projeto voltado para as indústrias, inclusive, um dos participantes da Polônia se interessou em aplicar por lá”, contou Arthur.

A Celesc participou do evento juntamente com representantes de empresas de várias regiões do mundo como Colômbia, Inglaterra, Portugal, Alemanha, Polônia, China e Coréia do Sul. As universidades participaram efetivamente com a presença de mestres e doutores.

“É muito importante participar de uma conferência internacional com essa troca de experiências entre pessoas e conhecimentos da área de várias nacionalidades, além de brasileiros que se interessaram pelos projetos de P&D e de Eficiência Energética da Celesc”, completou.

O Projeto Bônus Motor realizou em 2018, a troca de de mais de 1,5 mil motores elétricos, principalmente nas indústrias, o que gerou uma economia total de aproximadamente 18,6 GWh/ano e uma redução da demanda no horário de ponte de 2,4 MW/ano. Esta economia corresponde ao consumo de 7,7 mil residências durante o mesmo período e uma redução de 1,7 mil toneladas de gás carbônico que seriam emitidos para a atmosfera.

Por Rafael Vieira de Araujo (Comunicaz a serviço da Celesc)