Geral

Serviços ao
Consumidor

Notícias Celesc

02.04.19

Presidente da Celesc acompanha equipe em aferição de medidores

Divulgação Celesc1

Nesta terça-feira, 2 de abril, o Presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, participou do trabalho de aferição de medidores em unidades consumidoras da Grande Florianópolis, junto com a equipe da empresa e o Ministério Público. O trabalho faz parte do acordo fimado com o Ministério Público para aferir os medidores de 1.200 unidades consumidoras que registraram reclamações nos Procons sobre o valor cobrado nas faturas durante o verão.

“Estamos atendendo a demanda da sociedade, intermediados pelo MP. A Celesc considera muito positiva essa aproximação que o Ministério Público propiciou entre Procon, a sociedade e a distribuidora. Pretendemos finalizar os trabalhos com nossa equipe antes do prazo previsto”, disse o Presidente Poleto.

Divulgação Celesc2

 

O acordo com o Ministério Público prevê um prazo de dois meses para a aferição dos 1.200 consumidores. A tarifa de aferição, que é determinada pela Aneel, não será cobrada desses consumidores que terão as faturas de energia suspensas de cobrança até que os processos sejam concluídos. Para o consumidor que tiver o medidor aferido e for constatado regular, terá de efetuar o pagamento das faturas em aberto. Como o prazo de aferição desses casos será de dois meses, o consumidor poderá contar com a possibilidade de parcelamento de até seis parcelas. Para a fatura do consumidor que apresentar inconsistência, os valores serão recalculados e também terá a possibilidade de parcelamento.